Governo do Distrito Federal

Ampliação de modalidades de atendimento nos Centros Olímpicos e Paralímpicos, com inclusão da pessoa com deficiência

O programa é desenvolvido pela Secretaria do Esporte e Lazer nas cidades do Distrito Federal em parceria com a sociedade civil. O objetivo é contribuir para a melhoria da qualidade de vida da comunidade atendida, por meio do esporte.


O programa oferece, prioritariamente, às crianças e adolescentes, atividades sócio-recreativas, esportivas e de lazer, em que valores como cooperação, solidariedade, pensamento crítico, auto-estima, propiciem enriquecimentos internos, transformando assim as expressões da sua conduta. No total, foram abertas para inscrição 6.000 vagas em 2017 em todas as unidades que também oferecem atividades a adultos, idosos e pessoas com deficiências. Vale destacar que em 2016 tivemos 505 alunos com deficiência de 04 a 18 anos matriculados nos COs aumentando o número de inscritos em 63% se comparado a 2014.


Estrutura básica dos Centros Olímpicos e Paralímpicos: prédio de administração, ginásio coberto, quadra polivalente coberta, quadra polivalente descoberta, quadra tênis, parque aquático: (duas piscinas semiolímpicas e uma infantil), pista de atletismo, campo de futebol society, playground, campo de areia e vestiários. Centros Olímpicos e Paralímpicos em funcionamento: Brazlândia, Ceilândia (Parque da Vaquejada), Estrutural, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho, Ceilândia (QNO 09), Planaltina (em construção). Veja os dados de cobertura do programa na tabela abaixo:

 

 

IDADE ANO
2014 2015 2016
4 122 47 126
5 75 537 853
6 187 1.050 1.354
7 846 1.348 1.670
8 1.323 1.458 2.098
9 1.538 1.727 1.918
10 1.675 2.158 2.280
11 1.877 2.253 2.384
12 1.961 2.144 2.170
13 2.224 1.800 1.818
14 2.139 1.334 1.449
15 1.803 1.091 1.098
16 1.525 718 774
17 1.164 481 594
18 692 202 334
Total 19.151 18.348 20.920

Fonte: Dados SETUL, 2017.

 

 

Criança Candanga - Governo de Brasília

Governo do Distrito Federal