Governo do Distrito Federal

Projeto Jovem Candango forma 2 mil estudantes e abre 1 mil e 600 novas vagas

Pensando não só no desenvolvimento acadêmico, mas também na preparação profissional de qualidade, o Governo de Brasília formou 2 mil jovens e lançou 1,6 mil novas vagas no Programa Brasília + Jovem Candango, que atende adolescentes de 14 a 18 anos integrantes de famílias atendidas pelo Cadastro Único e que são matriculados em escolas da rede pública. O programa também destina um percentual de 5% de vagas para os seguintes jovens:

 

  • com deficiência;
  • em cumprimento de medida socioeducativa;
  • atendidos pelo Programa Bombeiro Mirim do DF;
  • residentes em área rural do DF, no mínimo, há 5 (cinco) anos.

 

Cada aprendiz recebe 2/3 do salário mínimo, além de R$220,00 de vale-alimentação, e vale-transporte de acordo com seu deslocamento. Em média, o investimento por aprendiz é de R$ 1.047,65 por mês. Durante o período de contrato, os jovens cumprem Aprendizagem Teórica (Auxiliar Administrativo) uma vez por semana, nas instituições executoras – Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração(Renapsi) e a Obras Sociais Jerônimo Candinho (OSJC) –  e Aprendizagem Prática nos órgãos do Governo de Brasília. Esse tipo de iniciativa além de trazer capacitação dos jovens, estimula a criação de renda e a permanência dos mesmos na escola.

Criança Candanga - Governo de Brasília

Governo do Distrito Federal